Imprimir este capítuloImprimir este capítulo

Teses e dissertações - produções Texto Livre

Aluno
Orientador
Ana Cristina Fricke Matte
Título da tese
Um olhar, pela perspectiva linguística - viés fonológico dos erros ortográficos, presentes em um relato autobiográfico, manuscrito e digitado, por um adulto: um estudo de caso
Área de concentração
(3) Linguística Aplicada
Linha de Pesquisa
(3C) Linguagem e Tecnologia
Temática
---
Número de páginas
308
Data da defesa
08/08/2014
Banca Examinadora
(titulares)
Profa. Dra. Ana Cristina Fricke Matte (UFMG)
Profa. Dra. Margareth de Souza Freitas Thomopoulos (Co-orien (UTFPR)
Profa. Dra. Adriana Maria Tonini (UFOP)
Profa. Dra. Daniervelin Renata Marques Pereira (UFTM)
Profa. Dra. Pascoalina Bailon de Oliveira Saleh (UEPG)
Profa. Dra. Janice Helena de Resende Chaves Marinho (UFMG)
Resumo
Neste trabalho, analisamos os erros ortográficos presentes em duas versões de um relato autobiográfico, uma manuscrita e outra digitada, de uma informante adulta em processo de letramento em contexto extraescolar. Escolhemos o estudo de caso como método qualitativo de análise dos dados do corpus. Elegemos também uma abordagem de viés etnográfico ao introduzir informações relevantes acerca do meio familiar e social da nossa informante. Conhecer um pouco o sujeito escritor do relato, seu processo de escolarização com o ingresso, evasão e reingresso na instituição escolar nos ajuda a compreender os 'erros' ortográficos presentes no corpus. Buscamos tipificar e comparar os erros mais frequentes do relato nas duas versões do nosso corpus; investigar as sequências de experimentação de transposição das regras utilizadas da fala para a escrita; identificar se havia ou não um padrão de 'aquisição' da escrita pela informante; averiguar se havia ou não influência do uso do computador sobre o processo de reelaboração do texto e, por fim, apontar a importância e relevância da inclusão digital para os professores. Os dados que compõem o corpus são um relato autobiográfico em duas versões, manuscrita e digitada depoimentos concedidos pela informante à pesquisadora Sant'Ana (2013) e três transcrições de gravação da tela do computador captada pelo software Camtasia durante o trabalho de reelaboração textual realizada pela informante. A análise dos dados dos erros ortográficos da versão manuscrita nos mostrou que existe semelhança entre os erros levantados neste relato com os descritos em pesquisas que investigaram o processo de aquisição da linguagem escrita por crianças e adultos em fase de alfabetização. Com relação à análise da versão digitada, foi possível: levantar algumas hipóteses sobre a escrita que foram construídas pela informante durante o processo; traçar as trilhas percorridas pela informante durante o processo de escrita e reelaboração textual; e levantar as potencialidades do uso de ferramentas tecnológicas como instrumentos auxiliares de avaliação diagnóstica de um aluno Uma variável relevante apontada pela nossa informante diz respeito à influência apaziguadora e incentivadora dos professores da escola do distrito de Bento Rodrigues para sua permanência no ambiente escolar. Nosso trabalho mostrou a relevância do uso de tecnologias educacionais (computador e software de gravação de tela) na sala de aula, especialmente de alunos, crianças e adultos, em processo de alfabetização e de reelaboração textual. Adicionalmente, esta pesquisa apontou os ganhos para o professor advindos do uso de um software desta natureza na avaliação diagnóstica dos seus alunos. Palavras-chave: Erros ortográficos; Educação de adultos; Inclusão digital; Tecnologia da informação; Software Camtasia.
Palavras-chave
 
Tese no formato PDF
  clique para baixar o arquivo