ANFITEATRO

  Título:

A PRESSA É INIMIGA DA PERFEIÇÃO? ANÁLISE DE CURSOS INTENSIVOS DE LÍNGUA INGLESA

Autores: Gustavo Gomes Siqueira da Rocha
Resumo:

O presente trabalho tem como objetivo abordar como são estruturadas as versões rápidas e intensivas dos cursos de Língua Inglesa e se eles são capazes de formar alunos bilíngues.  Para tal foram analisados os materiais, as aulas e a metodologia de duas escolas de línguas estrangeiras e discutido os resultados obtidos.

LEIA Artigo Completo em PDF: Documento PDF Artigo_UEADSL.pdf
Anexos:

PERFIL DO AUTOR: Gustavo Rocha

Área do Conhecimento: Linguística
Categoria principal:

Linguagens


Categorias Específicas: Leitura e Escrita
Instituição: UNINTA - CE
Palavras-Chave:
Mesa (1): Maria Verônica Tavares Verdan Masiero
Mesa (2): Woodson Fiorini - UFMG
Mesa (3):

Adorou este trabalho? Que tal indicá-lo para receber Menção Honrosa? Clique aqui para ir à página de votação.

Aprovado domingo, 3 jun 2018, 15:32

Código: MariaVeronica-01

Comentários

  • Olá! Sou a acris do Texto Livre!Ana Cristina Fricke Matte - seg, 25 jun 2018, 11:06
    Parabéns pelo trabalho. De fato, aprender um segundo idioma é de suma importância nos dias atuais. A forma como as escolas de idiomas lidam com isso nos leva a refletir sobre a real fundamentação por trás das aulas. (Ass. Maria Verônica)
  • EuWoodson Fiorini de Carvalho - ter, 26 jun 2018, 14:50
    Parabéns! Essa reflexão inicial sobre a fundamentação metodológica das aulas de língua estrangeira nos ajuda a refletir sobre as formas estimulantes e efetivas de aprender uma segunda língua. Inicialmente pensei que o trabalho iria se ater à comparação entre os cursos nas modalidades extensivas e intensivas, com a finalidade de avaliar a validade e eficiência das formas intensivas. Percebi, no entanto, que você introduziu um outro aspecto que é o da fundamentação e concepção do curso - audiolingual vs comunicativo - o que complicou muito sua investigação. Para realizar essa proposta, você precisaria de muito mais tempo para a compilação, levantamento de dados e questões para análise, a fim de poder chegar à conclusões efetivas sobre eles. O trabalho é suficiente, como um exercício exploratório, sem a pretensão de fazer uma comparação com intuito de chegar a alguma conclusão científica. Para isso, é o bastante descrever as duas escolas e as modalidades e fundamentações, como você acabou fazendo. Esse tipo de trabalho é válido, desde que o texto não nos passe a impressão que você compararia as modalidades de um curso numa mesma escola e acabou comparando cursos de escolas com diferentes concepções e metodologias de ensino. Mesmo assim, ficou clara sua preferência pelo método Comunicativo. Isso significa que do método Comunicativo funciona melhor nas modalidades intensiva e extensiva? O desempenho dos alunos nas diferentes modalidades dentro do método audiolingual é muito diferente? Por quê? Faço essas perguntas como um exercício, a fim de pensar suas futuras investigações.
  • Imagem de Gustavo RochaGustavo Rocha - ter, 26 jun 2018, 21:06
    Costumo dizer que se houver interesse e dedicação da parte do aluno, ele irá aprender o idioma. Alguns se adpatam ao método audilingual, outros à Abordagem Comunicativa.
    Obrigado pelo comentário e pelas propostas de reflexão.
  • EuWoodson Fiorini de Carvalho - qui, 28 jun 2018, 19:56
    Obrigado Gustavo Rocha! Um abraço!
  • Imagem de Wagner Genézio da SilvaWagner Genézio da Silva - qui, 28 jun 2018, 20:34
    Abordagem muito interessante, realmente a questão de ambiente propício à facilitação de absorção de conhecimento, pode otimizar o processo. Além de tudo, o destaque dos processos de interação como facilitador de conhecimento e integração entre as pessoas é muito interessante. Realmente, quanto mais se usa a língua aprendida e se desliga da língua materna enquanto se aprende a nova linguagem, o processo realmente melhora muito porque dai se passa a realmente comunicar e pensar utilizando a língua aprendida, por exemplo, um brasileiro que estuda alemão e passa a pensar em alemão... Muito bom!
  • Imagem de Aline BritoAline Brito - dom, 1 jul 2018, 13:37
    Parabéns pela pesquisa. Certamente o ambiente e a metodologia aplicada pelo curso contribui para a aquisição de uma nova língua, pois, a partir do momento em que o aluno se reconhece e se sente à vontade em um ambiente, o aprendizado se torna alcançável.
  • Imagem de Kaique NevesKaique Neves - sex, 6 jul 2018, 21:14
    Uma pesquisa muito bem elaborada. Boas colocações, utilização categórica do referencial teórico e com objetivos bem definidos. A discussão é também muito interessante e de importância para a comunidade científica.