ANFITEATRO

  Título:

O LIVRO DIDÁTICO E A FORMAÇÃO DO LEITOR PROFICIENTE

Autores: Ariádine Zacarias de Sousa
Resumo:

Este artigo apresenta uma análise de uma seção das atividades propostas no livro didático Para Viver Juntos 9 referentes ao conto Com certeza tenho amor, da autora Marina Colasanti. O objetivo da análise foi verificar de que forma a leitura é trabalhada nessas atividades e quais são suas reais contribuições para a aprendizagem dos alunos. Os resultados revelam que a maioria das questões explora com clareza a produção de inferências pelo leitor, auxiliando satisfatoriamente na interpretação do conto.

LEIA Artigo Completo em PDF: Documento PDF Ariadine artigo versão final.pdf
Anexos:

PERFIL DA AUTORA:  Ariádine Zacarias de Sousa

Área do Conhecimento: Literatura
Categoria principal:


Ensino/Aprendizagem

Categorias Específicas: Educação a Distância
Educação Libertadora
Leitura e Escrita
Instituição: UFMG - MG
Palavras-Chave:
Mesa (1): Adriane Teresinha Sartori
Mesa (2): Chrislianni Veloso de Oliveira - UFC/CE
Mesa (3):

Adorou este trabalho? Que tal indicá-lo para receber Menção Honrosa? Clique aqui para ir à página de votação.

Aprovado terça, 12 jun 2018, 14:02

Código: Adriane-01

Comentários

  • Imagem de Adriane SartoriAdriane Sartori - seg, 18 jun 2018, 19:08
    Há uma visão muito negativa do livro didático na área educacional, mas seu trabalho aponta para uma conclusão inversa, correto?
  • Imagem de Ariádine Zacarias de SousaAriádine Zacarias de Sousa - ter, 19 jun 2018, 17:55
    Correto. Nos últimos quatro anos, os livros didáticos a que tive acesso - cerca de 10 exemplares, de diferentes autores - apresentavam um trabalho enriquecedor com a leitura e a escrita. Acredito que com o surgimento das últimas teorias da área e o nível de exigência de docentes e discentes só aumentando, os livros didáticos tendem a apresentar atividades cada vez melhores.
  • Imagem de Cristiane DiasCristiane Dias - sex, 22 jun 2018, 10:40
    Acredito que os últimos estudos sobre a maneira como os livros didáticos abordam os vários aspectos da língua e como os autores exploram tais aspectos nos textos tem sido de grande contribuição para que os autores estejam mais atentos e se empenhem na construção de um material que apresente diferentes formas de se trabalhar um texto em sala de aula, visto que, o livro didático quando bem utilizado, constitui uma boa ferramenta de trabalho.
  • Imagem de Mariotides Gomes BezerraMariotides Gomes Bezerra - sex, 22 jun 2018, 12:11
    Que joia de trabalho! Poder usar o livro didático na escola é uma política pública! Seu trabalho ajuda na conscientização do direito, além de incentivar que escolhamos os livros certos!
  • Imagem de Valdiene GomesValdiene Gomes - seg, 25 jun 2018, 17:09
    Acredito que muitos professores têm coleções didáticas de "estimação" e isso não contribui para a vivência de outras experiências. Apesar de estarmos ainda longe de livros considerados "ideiais", há algumas propostas que são interessantes e a intervenção do docente é fundamental também!
  • Imagem de Fabiana Cândida BorgesFabiana Cândida Borges - seg, 25 jun 2018, 23:02
    Ariádine, também trabalho com este livro e, de fato, não tenho muitos problemas com esse material. Como mediadores do conhecimento, cabe a nós adaptarmos o material que temos em mãos, dentro, é claro, do que acreditamos ser importante para os nossos alunos. Ao prepararmos nossas aulas, podemos excluir, alterar, complementar a atividade proposta. Assim, a meu ver, a análise que nos apresentou contribui de maneira significativa para esse processo.
  • Imagem de Guilherme Fernandes NicácioGuilherme Fernandes Nicácio - seg, 25 jun 2018, 23:11

    Ariádine, parabéns pelo trabalho.
    O livro didático é, talvez, o recurso mais usado em sala de aula. Em alguns casos, é o único material que o professor possui. Então, é importante que o professor assuma o papel de medidador e considere que o LD não pode ser o que orienta o trabalho. Infelizmente, os LDs,apesar de já estarem melhorando nisso, demoram em "atualizar" a forma como trabalham a língua.
    Há que se considerar, como já falaram nos comentários, que o LD é uma política pública na qual é gasto muito dinheiro. Por isso, devemos, no momento da escolha da coleção, selecionar aquela que mais dialoga com as teorias contemporâneas e que ajude o nosso alunado.
  • Imagem de Bruno Rodrigo Pinheiro RamosBruno Rodrigo Pinheiro Ramos - qua, 27 jun 2018, 17:27
    Bom trabalho, Ariádne. Apontar pontos positivos no material didático é algo bem diferenciado.
  • Imagem de Ariádine Zacarias de SousaAriádine Zacarias de Sousa - qui, 28 jun 2018, 15:15
    Agradeço muito pelos elogios! Também sou a favor do uso do LD nas aulas e também acredito que o professor deve mediar as atividades propostas.
  • Imagem de Jonas Veloso SantosJonas Veloso Santos - sex, 29 jun 2018, 15:14
    Interessante abordagem no tocante ao livro didático. Acredito que a estagnação do conteúdo por falta de atualização tem sido superada pelas exigências da contemporaneidade e maior qualificação dos professores autores. As práticas pedagógicas evoluíram muito e direcionaram a construção do livro didático.
  • Imagem de Bruno CiavolellaBruno Ciavolella - sex, 29 jun 2018, 18:24
    Ariadne, muito boa análise sobre o livro didático.
    Acredito que seja interessante você discutir de que modo as questões de leitura propostas estão interessadas no desenvolvimento de estratégias de leitura ou se no desenvolvimento do gosto literário. Cabe uma discussão muito importante sobre o papel da literatura nos livros didáticos.
  • Imagem de Pâmela Saraiva MirandaPâmela Saraiva Miranda - sex, 29 jun 2018, 21:23
    ótimo trabalho Ariádine, uma nova perspectiva ao se refletir sobre a utilização do livro didático. é preciso pensar sobre os livros através do cotidiano, dos alunos e da escola.
  • Imagem de Rômulo MaziroRômulo Maziro - sáb, 30 jun 2018, 02:55
    Super legal o trabalho Ariádne.
  • Imagem de Aline BritoAline Brito - dom, 1 jul 2018, 14:10
    Fico muito feliz em ler um trabalho como esse. O livro didático de fato costuma ser um dos recursos didáticos mais comuns em sala de aula, o que não quer dizer que seja o mais eficaz e que não precise de complementações. Assim, por mais que o LD seja rico em conteúdo, deve-se ter em mente que suas atividades, muitas vezes, devem contar com adaptações direcionadas a realidade do grupo de alunos.