PALCOS DO EVIDOSOL/CILTEC-Online

FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira

 
Imagem de Comissão Organizadora do EVIDOSOL/CILTEC-Online
FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Comissão Organizadora do EVIDOSOL/CILTEC-Online - quinta, 15 nov 2018, 13:10
 

Título:

FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA

Autores: Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
Resumo: 

Este trabalho apresenta os resultados do diálogo entre atividades de extensão e pesquisa oriundas das ações da Taba Móvel, parte do projeto de extensão Taba Eletrônica- FALE/UFMG e relata as experiências de formação continuada de professores de língua de escolas públicas do ensino básico com o suporte de dispositivos móveis, especialmente do aplicativo WhatsApp. Essa formação  justifica-se amplamente, face à premente necessidade de atualização do professor para o uso das inovações tecnológicas em ambiente educacional. Os resultados, pautados na análise do corpus gerado nessa formação via WhatsApp e nas respostas de um questionário semiestruturado, poderão lançar luz às futuras versões da Taba Móvel e servir de ponto de partida para novas investigações sobre aprendizagem móvel no contexto de formação continuada.


LEIA Artigo Completo em PDF: Documento PDF Formação Docente.pdf
Trilha Principal: Educação e Tecnologias
Trilha Opcional: Mídia-educação
Área do conhecimento (CNPq):8.01.06.00-5
Instituição: UFMG
Palavras-Chave:Tecnologia Móvel; WhatsApp; Formação Docente. 
Mesa (1):Neffer Luiza de Aguiar Pinheiro
Mesa (2):Mônica Campos Santos Mendes

Imagem de Adriana Teixeira
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Adriana Teixeira - terça, 20 nov 2018, 18:50
 

Boa noite,

sou autora do artigo e estou `as ordens para interagirmos. Vamos lá?

Imagem de Neffer Luiza de Aguiar Pinheiro
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Neffer Luiza de Aguiar Pinheiro - quarta, 21 nov 2018, 20:49
 

Olá Adriana!

Vejo, como educadora, todas as dificuldades relatadas em seu artigo em relação ao uso de apps e ferramentas digitais nas nas escolas, principalmente públicas. Essa dificuldades vão desde a falta de equipamento, até a ausência de uma rede de internet que atenda a todos. Além disso, mesmo o Wahtsapp sendo um aplicativo de grande aceitação, ainda há resistência de seu uso para processos de aprendizagem.

Você presenciou relatos dessa resistência?

Abçs.

Neffer

Imagem de Neffer Luiza de Aguiar Pinheiro
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Neffer Luiza de Aguiar Pinheiro - terça, 20 nov 2018, 23:12
 

Olá Adriana!

Muito interessante sua pesquisa! Trazer para a sala de aula recursos digitais e novas TICs são de extrema importância para a aprendizagem nesse mundo digital.

Esperaremos as interações!

Abraços.

Imagem de Adriana Teixeira
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Adriana Teixeira - quarta, 21 nov 2018, 15:07
 

Olá Neffer,

aguardo observações, questões e comentários sobre o texto. Obrigada pelas observações.

Imagem de Adriano Simioni Alvim
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Adriano Simioni Alvim - quarta, 21 nov 2018, 17:28
 

Muito boa temática do artigo, pertinente a era da tecnologia. Basta saber que o uso com justa medida não tornará os professores reféns 24h seja na profissão ou na capacitação. Em contrapartida, favorece a conexão direta com aquilo que se propõe.

Abraços.

Imagem de Adriana Teixeira
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Adriana Teixeira - quinta, 22 nov 2018, 13:22
 

Olá Adriano,

obrigada pelo comentário. A proposta do uso do whatsapp é exatamente esta: facilitar o acesso sem escravizar o docente.

Imagem de Amanda Figueiredo de Oliveira
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Amanda Figueiredo de Oliveira - quarta, 21 nov 2018, 20:54
 

Boa noite, Adriana! Parabéns pelo artigo! Nossa vida hoje está tão ligada ao WhatsApp que parece que ele virou uma extensão nossa. Ver que essa ferramenta pode ter uma finalidade ainda maior só demonstra o quanto podemos fazer com as tecnologias, que nos atrapalham por tantas vezes, vire uma aliada. Muito legal esse projeto! Parabéns pelo trabalho novamente!

Imagem de Adriana Teixeira
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Adriana Teixeira - quinta, 22 nov 2018, 13:24
 

Boa tarde Amanda. Obrigada pelos comentários!! Sem dúvida, consideramos o whatsapp é uma boa ferramenta para a aprendizagem. Um abraço

Imagem de Jaiza Fernandes
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Jaiza Fernandes - quarta, 21 nov 2018, 21:11
 

Adriana, parabéns pela temática escolhida para discussão!

Certamente, o whatsapp para além de interações sociais com trocas de mensagens,  compartilhamento de  textos, imagens e vídeos, é um recursos ao qual podemos recorrer para acessá-lo de forma rápida num dispositivo móvel a partir da conexão com a internet. Nesse sentido, é oportuno que seja tomado como importante recurso de formação, ensino e aprendizagem.  Contudo, vale considerar e regular o uso do celular em sala de aula, sobretudo, no ensino fundamental, tendo em vista melhores resultados, posto que os alunos desse nível de ensino se dispersão com facilidade. Ademais, em alguns estados, o uso do celular é proibido no espaço de sala de aula, apesar de já termos conhecimento de experiências de sucesso com o uso dessa rede social no ensino.  Logo, essas são importações questões a serem discutidas para o empreendimento do uso do whatsapp no ensino.  Sucesso! 

Imagem de Adriana Teixeira
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Adriana Teixeira - quinta, 22 nov 2018, 13:27
 

Obrigada pelos comentários Jaiza. Concordo com você quanto a necessidade de mais estudos e pesquisas sobre o uso do whatsapp como ferramenta pedagógica, mas entendo que dentro de combinados em sala ele será bem vindo até mesmo para o ensino fundamental. Um abraço.

Imagem de Breno de Campos Belém
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Breno de Campos Belém - quarta, 21 nov 2018, 21:21
 

Olá Adriana,


Primeiramente gostaria de parabenizar seu trabalho e por trazer um histórico de atividades realizadas na TABA Digital. Eu também utilizo bastante o whatsapp com meus alunos e, apesar de serem adultos, também encontro resistência das mais diversas ordens (ou desculpas) para não participar.  Talvez também pelo fato do que você falou em seu artigo: misturar tempo de descanso com tempo de "trabalho". Hoje em dia, apesar de gostar bastante do uso de recursos tecnológicos enfrentamos problemas de ordem racional e o que vem me desmotivando bastante ao utilizar o recurso Whatsapp em minhas práticas docentes/trabalhistas.  Falta um pouco de bom senso das pessoas que estão ao seu redor em compreender que o whatsapp é um recurso de comunicação e que deve haver separação entre horários de descanso/lazer/trabalho.  Um dos maiores problemas que encontro hoje em dia é alunos enviando mensagens por volta de 23h00 e 00h00 e, as vezes, até mesmo de madrugada.  Hoje em dia a falta de limite para o uso das redes sociais (incluo aqui o whatsapp também) tem se tornado um entrave na minha motivação para o uso do mesmo em ambientes em que o ensino e a aprendizagem deveriam prevalecer, mas em horários em que não interfira no meu descanso e nem em meu lazer.  Acho que isso é um ponto a ser levado em consideração, pois apesar de saber que podemos fazer positivamente o uso de recursos tecnológicos ou midias digitais a favor da aprendizagem, corremos o risco também de não saber onde está o limite entre o pessoal e o profissional por parte de quem está do outro lado "do telefone".  Penso ser algo a ser refletido, pois é uma possibilidade a qual alguns professores podem ainda ter resistÊncia em utilizar as redes sociais em prol do ensino e da aprendizagem.  Uma ultima coisa que gostaria de comentar é na realidade uma pergunta.  Você dice que a TABA Móvel atendeu professores de diversos locais do país.  Gostaria de saber como fazer para participar, pois moro em uma cidade muito distante dos centros urbanos e gostaria muito de fazer parte deste projeto, até mesmo contribuindo com experiências que vivencio aqui na cidade que trabalho.


Agradeço pela sua resposta desde já e mais uma vez parabéns pelo trabalho.


Imagem de Adriana Teixeira
Re: FORMAÇÃO DE PROFESSORES VIA WHATSAPP: DIÁLOGOS DE EXTENSÃO E PESQUISA - Adriana Gouvêa Dutra Teixeira
por Adriana Teixeira - quinta, 22 nov 2018, 13:34
 

Oi Breno,

obrigada pelos comentários. Concordo com você quanto aos limites que devem ser impostos para o uso desse aplicativo como ferramenta pedagógica. Ainda temos um longo trabalho nesse sentido, com certeza!! Terei prazer em conversar com você sobre o projeto. Entre em contato comigo pelo email: adrianadgt1604@gmail.com

Um abraço.