LINHAS CURVAS EM DANÇA: ANDANÇAS POÉTICAS NA PAMPULHA